Aplicar seu dinheiro de forma inteligente é sinônimo de diversificação de investimentos e, portanto, esse se faz um conceito chave para quem deseja dominar a área financeira e conseguir tirar o melhor proveito de seus investimentos.  Não importa se você está iniciando sua carteira agora ou se já está inserido no mercado há mais tempo: se a importância de diversificar investimentos ainda te parece um pouco nebulosa, é preciso que você separe um pouco do seu tempo para entender como essa lógica funciona.

A verdade é que você já deve saber que fazer aplicações de dinheiro é uma atividade que envolve riscos (seja em menor ou maior grau), mas por que não montar sua carteira de forma a tentar ter mais controle sobre esse risco? Essa é exatamente a proposta por trás da diversificação de investimentos!

Mas se a ideia ainda te parece confusa ou se você não sabe por onde começar, este artigo vai te ajudar! Independentemente do tipo de investidor com o qual você se identifica: expandir seus horizontes financeiros e diversificar sua carteira é uma tarefa que vai tornar seus investimentos mais rentáveis e seguros.

Mas antes, que tal descomplicar outros termos financeiros? Aqui neste glossário você encontra os principais conceitos do mercado de negócios!

O que significa e qual a importância de diversificar investimentos?

Apesar se ser relativamente simples compreender o significado dessa prática pelo próprio nome que ela leva, é importante que ainda assim passemos por esse ponto, em ordem de ficar mais fácil entender a sua importância.

Quando dizemos de diversificar investimentos, basicamente estamos dizendo de uma técnica que visa diluir os riscos provenientes de suas aplicações e aumentar suas possibilidades de ganho. Ou seja, ao invés de destinar todo o seu tempo e todo o seu capital a apenas um investimento isolado, você consegue obter resultados melhores ao diversificar a sua carteira de ações.

Como sabemos, lidar com o mercado financeiro significa lidar com imprevisibilidade. Uma vez que é impossível saber qual o futuro de um determinado título ou uma determinada ação, já que existem inúmeros fatores (externos e internos) que podem afetar os frutos do seu investimento, ao direcionar todo o seu capital a um único investimento, você corre um risco maior com aquele dinheiro, do que ao realocá-lo em diferentes frentes.

Ou seja, a importância de diversificar investimentos se baseia na ideia de prezar pela segurança deles. Com uma carteira balanceada, pensada a partir de seu perfil como investidor e seus objetivos, é possível agir de forma mais segura e rentável, palavras de peso dentro de uma lógica de investimento!

Mas afinal, como a diversificação pode manter seus investimentos seguros?

Como vimos, a diversificação de investimentos trabalha numa lógica de reduzir o impacto que as oscilações às quais o mercado financeiro está sujeita podem ter sobre seu dinheiro.

No entanto, uma dúvida comum que pode afligir investidores de primeira viagem é: mas afinal, se eu estou dividindo meu capital entre mais lugares, isso não quer dizer que eu estou diminuindo meu lucro de cada ação e/ou título?  Apesar de parecer contraditório, a resposta a essa pergunta é de que não, você não vai perder dinheiro ao diluir seus recursos — muito pelo contrário!

Com a diversificação de investimentos, você passa a conseguir aumentar a sua rentabilidade e evitar perdas! Isso quer dizer que, por esse balanceamento trabalhar com as oscilações do mercado, você pode até não alcançar o lucro máximo de uma determinada aplicação, mas também não corre o risco de perder todo o seu dinheiro caso algum imprevisto venha a existir.

Vamos entender melhor sobre como isso acontece agora:

Maximizando seus lucros

Como você sabe, o mercado financeiro oferece os mais diversos tipos de investimentos e, por isso, os mais diversos tipos de lucros e riscos. Imaginando a quantidade de possibilidades de investimento que o mercado oferece (seja em áreas diversas ou até mesmo dentro do mesmo nicho), fica mais simples entender como é interessante explorar o máximo o possível esse leque de aplicações.

Pense dessa forma: você deseja adquirir um traje completo para um casamento e decide comprar a roupa, os sapatos e os acessórios todos em uma loja só. No fim, o sapato não era tão confortável e você descobriu que outra pessoa comprou os mesmos acessórios por um preço muito mais acessível. Imagine agora que você fizesse o oposto: depois de consultar várias lojas, percebeu que, comprando cada item em um local diferente, você termina o dia mais satisfeito com o seu traje e gastando menos dinheiro do que na opção anterior. Essa é mais ou menos a lógica por trás da diversificação da sua carteira de investimentos!

Ao destinar todos os seus recursos a apenas um investimento, você fica mais sujeito às oscilações que agem sobre ele e ainda perde a oportunidade de se beneficiar dos bons momentos que outras aplicações podem te oferecer. Por outro lado, ao diversificar sua carteira, você dá mais chances para conseguir aproveitar o lucro proveniente de mais de um tipo de investimento e passa a ter, portanto, uma rentabilidade maior.

Evitando perdas

Vamos voltar aos exemplos e supor, agora, que você vai viajar de avião para um destino que demanda uma ou mais escalas de vôo. Por motivos pessoais você decidiu que seria melhor levar a maior parte do dinheiro que você vai gastar na viagem em espécie, mas decide guardar toda a quantia de notas e moedas dentro da mala que despachou. Ao chegar no destino final você descobre que sua mala foi extraviada e, sem previsão de sua devolução, com ela lá se foi a maior parte do dinheiro que você gastaria nos dias que passaria ali.

Percebe que essa dor de cabeça seria minimizada caso você decidisse, pensando em possíveis imprevistos, que seria melhor dividir a quantia que estava levando entre sua mala despachada e sua mala ou bolsa de mão? É isso que a diversificação de investimento faz por você! Ao diluir seu capital entre diferentes aplicações, você diminui o risco de perder todo ou grande parte do seu investimento caso algo venha a acontecer com aquela ação ou título.

Outro ponto é a liquidez do investimento. Se você aplicar todo o seu dinheiro disponível em uma única ação ou título e, em um imprevisto, você precise resgatar aquele dinheiro o mais rápido o possível, a liquidez pode afetar seus planos. Caso esse investimento demande um tempo maior para o retorno do dinheiro, ao precisar resgatá-lo antes da hora você fica sujeito a não ter essa possibilidade ou, caso ela seja cedida, a ter grandes perdas nesse valor que recebe de volta. Pelo contrário, ao diversificar seu investimento, você pode conseguir resgatar a quantia necessária de alguma(s) da(s) ação(ões) que possuem uma liquidez maior, enquanto deixa parte do seu investimento ainda rendendo em outros títulos.

Como diversificar sua carteira

É mais do que normal ficar perdido na hora de aplicar em diferentes ações ou títulos. Afinal, assim como pontuamos, o mercado financeiro é muito diverso e, principalmente se você está começando agora, pode parecer complicado entender onde moram as melhores oportunidades para investir o seu dinheiro.

Vamos passar por algumas dicas de como diversificar sua carteira agora!

  • O primeiro ponto importante da diversificação é entender que não existe uma regra fixa de qual seria o jeito certo de diversificar a sua carteira — exatamente por cada investidor possuir seu estilo próprio, essa diluição de recursos é uma decisão super particular;
  • Outra questão é que de nada adianta diversificar só por diversificar: é preciso que você tenha um propósito com as suas ações, trace uma estratégia e estude os diferentes tipos de aplicações para conseguir alcançar seus objetivos;
  • É interessante que você tente apostar em diferentes mercados e diferentes tipos de ativos (ações, renda fixa ou variável, etc) visando tirar o melhor proveito de cada um sem correr riscos extremos;

Ah, e se quiser saber mais sobre os tipos de mercados e investimentos que eles proporcionam é só clicar aqui!

  • Atente-se à liquidez: normalmente as aplicações com baixa liquidez te proporcionam retornos melhores, mas as liquidez maior geralmente te oferece uma opção de resgate imediato. Estude sua estratégia e tente balancear seus investimentos visando esses aspectos;
  • Procure ajuda de especialistas, mas não deixe de estudar antes e durante seus processos de investimento. Conhecimento é poder e, em um mercado que demanda tantas tomadas de decisões, é sempre bom não recair 100% na confiança no outro — entenda seus objetivos e saiba advogar pelo o que você realmente quer!;
  • Faça o acompanhamento de seus investimentos. Entender de onde e como estão (ou não estão) vindo os resultados da sua aplicação é uma tarefa que vai te ajudar a entender melhor o cenário financeiro e te orientar na hora de fazer ajustes na sua diversificação de investimentos;
  • Aposte nas fintechs! Um mercado que vem se consolidando cada vez mais no mercado econômico, as fintechs podem te ajudar a tirar o melhor proveito da sua aplicação de dinheiro, com menos burocracias e mais rentabilidade.

Descubra aqui, tudo que é proporcionado pelas fintechs, responsáveis por novos e modernos modelos de se pensar as suas finanças!


Como você viu, diversificar investimentos é um dos conceito que, como investidor, você deve dominar. Afinal, esse é um modo de evitar perdas significativas nas suas aplicações e ainda conseguir maximizar os lucros que elas te proporciona — uma perspectiva que soa no mínimo interessante para qualquer pessoa que deseja apostar na aplicação do seu dinheiro!

Agora imagine se um mesmo lugar te oferecesse a oportunidade de investir de forma simples, rápida, com segurança e possibilidade de ter autonomia na hora de diversificar o capital que você dispõe? Aqui na INCOvocê pode!

Nossa plataforma de crowdfunding de investimentos te mostra que investir pode ser bem mais fácil do que parece e, com uma rentabilidade de até 1,5% ao mês, você ainda pode se beneficiar de todas as vantagens que a diversificação de carteira te proporciona.

Quer saber como você pode começar a investir com apenas R$1.000? Aqui neste ebook você descobre ainda mais sobre as possibilidades do mercado de crowdfunding que te aguardam!

crowdfunding imobiliario